Crédito rural: o que você precisa saber para aproveitá-lo?

 
4 minutos para ler
 
 

O crédito rural é composto de uma série de financiamentos que ajudam agricultores, cooperativas e associações a expandirem seus negócios e a melhorarem a qualidade dos seus produtos. Os empréstimos são oferecidos por bancos públicos ou instituições privadas a taxas de juros mais baixas e a condições facilitadas de pagamento, com o objetivo de tornar ainda mais competitiva uma das atividades econômicas mais importantes do país.

 

Com o crédito rural, seu negócio pode investir em maquinário, sementes, corretivos agrícolas, instalações, vacinas, rações e assim por diante. Com o retorno sobre o investimento, se tudo der certo, você pagará a dívida, aumentará sua produção e ainda terá mais lucro.

 

Neste artigo, você vai aprender o que precisa para aproveitar o crédito rural ao máximo. Vamos começar explicando quem pode utilizar o crédito rural e, em seguida, como obtê-lo. Por fim, descreveremos as principais vantagens do recurso.

 

 

Quem pode utilizar o crédito rural?

 

O crédito rural é oferecido tanto para pessoas físicas (agricultores individuais) quanto para pessoas jurídicas (empresas). Uma forma comum de o produtor rural obtê-lo é por meio da participação em uma cooperativa. De uma forma ou de outra, trata-se de um mercado vasto, no qual operam vários bancos e instituições financeiras públicas e privadas.

 

As regras e taxas variam muito de uma instituição para outra e também entre os diferentes programas. Por exemplo, só o BNDES oferece o Moderagro, o Moderfrota e o Pronaf, entre outros. E o Pronaf, por sua vez, é subdividido em diferentes linhas de crédito, para diferentes perfis e necessidades do agricultor.

 

Não faltam opções para se obter crédito rural. Uma boa dica é consultar a cooperativa ou o sindicato mais próximos e fazer perguntas a respeito de quantias e taxas.

 

 

Como obter o crédito rural?

 

 

Os pré-requisitos variam em cada instituição financeira ou programa. Você pode consultar o simulador do BNDES para conhecer diferentes opções de financiamento e descobrir o valor das prestações e o prazo de pagamento.

 

Em qualquer caso, será exigida uma farta documentação, começando pela comprovação de que você é um produtor rural formal ou tem contrato de parceria ou arrendamento.

 

O ITR (Imposto Territorial) e o CCIR (Certificado de Cadastro de Imóvel Rural) atualizados e a cópia da matrícula da propriedade também são necessários. Se a atividade envolver irrigação, é preciso apresentar outorga de água.

 

Finalmente, a instituição financeira vai pedir algumas garantias sobre o empréstimo, como hipoteca, seguro rural ou proteção do preço futuro da commodity.

 

 

Quais as vantagens do crédito rural?

 

 

Obter crédito rural tem a enorme vantagem de fornecer, agora, um dinheiro que seu negócio poderia demorar muito tempo para conseguir. Dependendo do perfil do programa e da sua propriedade, o crédito pode ser usado para:

 

 

  • financiar custos de produção, como recuperar solos, comprar fertilizantes, reduzir o impacto ambiental, instalar irrigação etc.;
  • investir em inovação, como consultoria técnica, treinamento e instalação de software, agricultura de precisão e alimentos orgânicos;
  • facilitar a comercialização, por meio de produtos de maior qualidade ou recebidos mais rapidamente;
  • renovar a frota de tratores e colheitadeiras.

 

 

O crédito rural é uma grande oportunidade para produtores de todos os tamanhos. Com taxas de juros baixas e condições facilitadas de pagamento, ele ajuda muitos empresários agrícolas a fazer mais e melhor em menos tempo.

 

Entre em contato conosco e descubra o que mais a tecnologia pode fazer pelo produtor rural melhorando sua produtividade.