Entenda o que são cooperativas agrícolas e como elas funcionam

 
 
4 minutos para ler
 
 

A sociedade busca, cada vez mais, a economia colaborativa, visando formas de atender às necessidades do ser humano de forma partilhada e unida. Nesse contexto, as cooperativas agrícolas ganham destaque ao permitir que, juntos, produtores rurais possam ter melhor negociação em todo o processo produtivo.

 

Cooperativas são comuns há tempos entre os agricultores. Porém, nos últimos tempos, eles têm percebido que por meio da união podem ter melhores resultados. Em vez de atuarem sozinhos e terem pouca ou nenhuma voz em busca de melhorias para seus propriedades, cooperados, ganham maior força aos seus pedidos.

 

Se ficou interessado em saber mais sobre as vantagens de tornar-se um cooperado agrícola, confira o artigo que preparamos especialmente para você!

 

 

Melhor negociação na compra 

 

Uma cooperativa nada mais é do que a união de várias pessoas em torno de um mesmo objetivo. No caso de uma cooperativa agrícola, une diversos agricultores que, de forma coletiva, conseguem melhor negociação em sementes, insumos, fertilizantes e demais itens necessários para o plantio. 

 

Por exemplo, em vez de cada agricultor comprar sozinho uma tonelada de sementes, via cooperativa, 100 produtores comprarão 100 toneladas, conseguindo um valor melhor na negociação. Ao comprar em escala, se obtém um valor mais interessante para os cooperados.

 

 

Maior volume e preço na venda

 

O mesmo vale para o momento da colheita. Com maior volume produzido pelos cooperados, é possível conseguir dar melhor vazão à safra, além de ser possível melhor negociação diretamente com o cliente final.

 

Como não dependerá de cerealistas ou atravessadores para a venda final, as cooperativas acabam agregando valor aos produtos e entregam melhores resultados aos cooperados. Também contam com maior escala produtiva.

 

Enquanto uma empresa tradicional visa, principalmente, o lucro, as cooperativas agrícolas têm como missão dar maior exposição ao produtor rural e garantir que todo o grupo consiga melhor valor de mercado aos seus produtos.

 

 

Decisão tomada por todos

 

O significado de cooperativa é uma sociedade de pessoas, com forma e natureza jurídica próprias, criada com o objetivo de prestar serviços aos associados. Ou seja, por mais que exista uma diretoria formada por cooperados para gerir a parte burocrática da entidade, a decisão sobre os caminhos a serem tomados ocorrerá sempre em assembleia, com presença e votação de todos os associados.

 

Desta forma, os cooperados têm voz ativa. Dentro dos princípios democráticos, serão tomadas decisões baseadas no desejo da maioria. Em síntese, significa dizer que todos são proprietários também.

 

 

As vantagens e desvantagens 

 

Para pequenos e médios produtores, é uma grande vantagem ser ligado a uma cooperativa, já que ele terá produtos mais acessíveis financeiramente e conseguirá escoar sua produção com maior facilidade e mais competitividade. Além disso, cooperativas agrícolas acabam oferecendo serviços como assessoria técnica, acompanhamento de engenheiro agrônomo e de outros profissionais indispensáveis a uma boa produção.

 

Há também suas desvantagens, como custos para armazenagem da produção, apesar de que tal valor seja essencial para garantir o atendimento eficaz aos cooperados. Ou seja, acaba sendo revertido diretamente aos produtores. Sob essa ótica, é possível afirmar que não há desvantagens ao se unir a uma cooperativa.

 

Como você viu em nosso artigo, as cooperativas agrícolas desempenham um papel fundamental na vida de pequenos e médios produtores. Ao unirem suas produções, podem competir com mais força junto aos grandes empresários do campo.

 

 

Aprenda mais sobre nossos serviços e produtos, como o FS Nível, e como eles podem ajudar seu agronegócio. Gostou do nosso conteúdo e quer ficar por dentro das próximas postagens? Siga as nossas páginas no Facebook e no LinkedIn.