5 dicas indispensáveis para melhorar sua produção agrícola

 
 
 
 
6 minutos para ler
 
 

A atividade agrícola depende de alguns elementos que, muitas vezes, fogem do controle do gestor: mudança de clima, possibilidade de infestação de pragas, preços do mercado internacional, nova tarifa imposta pelo governo. Fatores como esses podem prejudicar a produção agrícola e impactar no desenvolvimento do negócio.

 

Ao mesmo tempo, este setor é um dos que mais se modernizou nas últimas décadas. Nos dias atuais, é impossível vislumbrar o agricultor de hoje como aquela pessoa do passado, que esperava a chuva chegar para pensar como se daria a colheita da temporada.

 

Mais do que nunca, a tecnologia é uma realidade para quem vive e trabalha no campo e seus impactos são inúmeros, principalmente no aumento da produção agrícola, sendo este o maior desafio do setor. 

 

No texto de hoje, vamos dar 5 dicas para mostrar como é possível aumentar a produtividade no campo. Confira!

 

 

Invista em novas tecnologias

 

Um dos benefícios da tecnologia aplicada à agricultura foi a criação da agricultura de precisão. Esse termo surgiu graças à evolução tecnológica, quando ficou mais fácil utilizar, no campo, equipamentos como GPS, internet, armazenamento em nuvem, imagens via satélite, análise de dados, entre outros. Com isso, o ato de plantar e colher tornou-se menos uma ação menos aleatória e baseada no que o gestor “acha” que deveria ser feito, que uma ação orientada e guiada por informações confiáveis.

 

O GPS possibilitou ao agricultor determinar áreas de cultivo de um modo mais assertivo, além de poder acompanhar, em tempo real, como as máquinas estavam realizando o trabalho. Técnicas de irrigação moderna, orientadas por dados, são utilizadas para medir a quantidade exata de água que cada plantação necessita, evitando assim desperdícios.

 

Outra novidade é o uso de sensores no solo, que apontam qual a quantidade de fertilizantes ou defensivos agrícolas necessários para cada faixa da plantação.

 

Com isso, além de otimizar tempo e recursos, a agricultura de precisão ajuda a melhorar os resultados.

 

 

Faça controle de insumos

 

Os insumos representam boa parte das despesas de uma propriedade rural e é preciso ter certeza sobre a melhor forma de utilizá-los para que não haja perda de recursos e para que eles sejam empregados de forma correta. Dessa forma, é preciso adotar estratégias para controlar a entrada e saída de insumos em uma unidade.

 

A tecnologia também pode ajudar na utilização cada vez mais racional e precisa dos insumos agrícolas, pois este fator está relacionado diretamente ao aumento da produtividade no campo e na preservação do solo.

 

Insumos voltados a uma determinada cultura, utilizados de forma correta e na quantidade adequada geram resultados muito melhores do que aqueles aplicados de qualquer maneira, sem muito controle.

 

 

Aposte em inovação

 

Uma das formas de aumentar a produtividade na agricultura é pensar fora da caixa. As soluções tradicionais já são bastante conhecidas e implementadas e é aí que a inovação parece ser um terreno bastante fértil. O Brasil é o quinto país com a maior extensão de terra cultivável do mundo. Ficamos atrás apenas dos Estados Unidos, China, Índia e Rússia — apesar de termos o maior potencial de expansão.

 

Outros países com pequenas áreas disponíveis para cultivo, como são os casos do Japão ou da Holanda, por exemplo, precisaram criar novas técnicas para se tornarem competitivos no mercado.

 

Há diversas formas de se inovar na agricultura. Uma delas é aumentar a produtividade utilizando menos terra. Essa novidade consiste em plantar determinadas culturas em locais fechados, como estufas, com menor dependência do solo e com o uso da luz artificial, o que acelera o processo de crescimento das plantas.

 

Isso pode impactar não só na produtividade, mas também na noção de sustentabilidade, com economia de água e outros recursos para ter um produto de maior valor agregado.  

 

Outra inovação importante é uso de tecnologias e softwares para gestão e controle de dados. Parece distante do campo, mas é uma tendência cada vez mais adotada pelos produtores. Com o monitoramento do clima, qualidade do solo, nutrientes, área plantada e produção, por exemplo, é possível estabelecer métricas (KPIs) que mais se adequam à sua realidade.

 

 

Tenha uma equipe bem treinada

 

Por mais tecnologia que sua propriedade rural tenha, existe ainda o fator humano, que é insubstituível em diversos casos. Hoje em dia, a mão de obra no campo é muito diferente do que foi no passado e ela tem se especializado cada vez mais. Oferecer bons salários, boas condições de trabalho, oportunidades de especialização para os funcionários e outros benefícios é um diferencial que pode atrair uma equipe dedicada.

 

Cada vez mais, os negócios do campo têm se espelhado na gestão dos negócios da cidade para criar um ambiente com boa gestão e um time de primeira. Equipe motivada aliada a uma oferta de tecnologia que tenha a ver com suas reais necessidades no campo fazem parte de uma combinação com muita chance de dar certo!

 

 

Invista em softwares especializados

 

A indústria da tecnologia não deixou de lado o desenvolvimento de soluções orientadas aos negócios rurais. Pelo contrário. Hoje, há diversos softwares que ajudam o produtor rural a otimizar seus recursos e a aumentar a produtividade no campo. Softwares de gestão têm ajudado os gestores a controlar melhor o fluxo de dados e informações que podem ser obtidos pelo negócio, além de auxiliar no processo de tomada de decisão.

 

Softwares especializados em fertilizantes, assim como os dosadores de alta precisão, ajudam o produtor rural não só a economizar com a compra desses insumos que fazem parte do cotidiano de praticamente qualquer cultura, mas também a melhorar a eficiência e a alta durabilidade de seus componentes, o que reflete diretamente no aumento de produtividade da lavoura.

 

 

Gostou do nosso conteúdo e quer ficar por dentro das próximas postagens? Siga as nossas páginas no Facebook e no LinkedIn.